Páginas

segunda-feira, 27 de abril de 2015

RUNNA Bike - bicicleta de equilíbrio para crianças

      

As bicicletas RUNNA proporcionam uma sensação muito mais estável do que as bicicletas tradicionais com rodinhas laterais e ensinam as crianças a andar de bicicleta com segurança, preparando-os para um futuro emocionante sobre duas rodas.



Esta bike extraordinária foi desenvolvida para crianças à partir de 2 anos, para atender as condições motoras desta idade:
Brincando a criança faz suas primeiras experiências de equilíbrio.

Os primeiros movimentos serão com os pezinhos no chão mas, aos poucos, os impulsos serão mais fortes e, sem perceber, estarão se equilibrando sobre duas rodas.
A leveza e simplicidade de seu desenho permitem uma rápida coordenação e agilidade de movimentos.

Nas bicicletas convencionais, para esta idade, os pedais, freios e rodinhas laterais confundem e inibem a sensação de equilibrar-se.
Com as bicicletas RUNNA rapidamente as crianças se sentirão muito mais seguras e confiantes para brincar com entusiasmo.

Características:
fabricado em madeira tratada, super-resistente.
ideal para aprendizado e desenvolvimento do equilíbrio
para crianças entre 2 e 6 anos
ajuste de altura do selim (banco): 32 a 38mm
rodas com pneu/câmara de ar (absorvem as imperfeições do terreno)
cor disponívvel: preto, rosa, azul e verde  ( confirme disponibilidade antes de confirmar pedido )

possui campaínha
peso da bicicleta RUNNA: aprox. 5,5kg
carga máxima (peso máx. da criança): 25kg
dimensões: 85 x 57 x 39cm
largura do guidão: 39cm

Vantagens da RUNNA bike:
pára-lamas (incorporad, parte inferior do assento) na roda traseira
quadro entre selim e guidão com perfil mais baixo, facilitando o acesso da criança
limitador do guidão: evita que o guidão gire demais evitando quedas da criança
alça para facilitar o adulto ao carregá-lo na mão
rodas que absorvem as irregularidades do terreno, servindo de "amortecedores"
calota nas rodas, evitando acidentes
fácil regulagem do assento (selim) em função da altura da criança
produto robusto, resistente, com desenho único que permite a fácil revenda

terça-feira, 19 de novembro de 2013

ORTLIEB - alforjes e bolsa

A RIO BIKE já está oferecendo alforjes e bolsas da alemâ ORTLIEB, no Brasil;  tanto para pronta-entrega do estoque no Rio de Janeiro quanto sob encomenda de modelos e cores que não tenhamos para entrega imediata.




loja online: clique aqui

estamos atualizando esta página  (com informações de modelos, tipo de fixação, aplicação, etc)

terça-feira, 28 de agosto de 2012

CTB de Bolso - Ciclistas e o Código de Trânsito Brasileiro, Direitos e Deveres

Ciclistas e o Código de Trânsito Brasileiro
Direitos e deveres
Lei 9.503, de 23 de setembro de 1997



 

O Código de Trânsito Brasileiro, em 1998, tratou a bicicleta como deveria, colocando-a como veículo de propulsão humana e implantando o direito do ciclista de trafegar pelas ruas e estradas das cidades e do país.
Assim, ganhamos DIREITOS e DEVERES quanto ao seu uso, dando comprometimento ao ciclista de também se prevalecer de cuidados para não infringir as leis.

Claudilea Pinto fez uma coletânea dos artigos do CTB que fazem referência aos ciclistas, com ajuda de interpretação do Sr. Eloir O. Faria, Engenheiroda Secretaria Municipal de Transportes do Rio de Janeiro.


edição: Transporte Ativo
dezembro de 2010
download:  baixe o CTB de Bolso clicando aqui




terça-feira, 17 de julho de 2012

Bicicletas Elétricas na Europa: nova diretrizes RoHS II

A partir de 2 de janeiro de 2013,  todas as bicicletas elétricas (e assistidas por motor até 25 km/h e uma potência de motor de até 250 W terão de estar de acordo com as novas diretivas do RoHS II.

Isto significa que os fabricantes deverão assegurar e, se questionados, provar que nenhum componente de chumbo, cádmio, crómio hexavalente, bifenilos polibromados (PBB) e éteres difenil polibromados (PBDE)  tenha sido utilizado, tanto componentes elétricos quanto eletrônicos.
Consequentemente, o selo CE somente será utilizado em bicicletas elétricas (ou pedelecs) que estejam em conformidade com máquine, EMC e as diretivas RoHS II.

Na prática será mais uma proteção aos fabricantes europeus, que já tinham este cuidado e concorriam com bicletas de tecnologias antigas e, portanto, mais poluidoras.




O link da matéria no site www.bike-eu.com :
 http://www.bike-eu.com/Sales-Trends/Product-trends/2012/7/E-bikes-To-Be-Excluded-from-European-RoHS-II-Directive-BIK005943W/?cmpid=NLC|Bike%20Europe|03-jul-2012|E-bikes%20To%20Be%20Excluded%20from%20European%20RoHS%20II-Directive 







sábado, 14 de julho de 2012

TAGA ou ZIGO ?

Após representarmos a TAGA Bike no Brasil durante 4 anos,  fomos convidados, em 2011, a representar a ZIGO.
Em um primeiro momento pensávamos em produtos iguais e, de certa forma, concorrentes...
Estudamos cuidadosamente ambos conceitos e funcionalidades, tanto numa perspectiva técnica e tecnológica, quanto sua aplicação na mobilidade  e atividades ao ar-livre de crianças e adultos.

Concluímos que são diferentes sob todos os aspectos e assim, temos efetivamente duas alternativas fantásticas para pais & filhos !


 ZIGO:
 










  TAGA:











 Algumas observações :

A TAGA é uma bicicleta & stroller (carrinho de bebê), facilmente conversível, com uma estrutura um pouco menor, porém não é possível dobrar para guardar (seja em casa, seja para transportar no carro);  é possível separar os componentes, mas mesmo assim as dimensões não permitem guardar facilmente no carro.
A  ZIGO  é uma bicicleta e um ChildPod (um carrinho que permite várias fomas de uso), que se acoplam facilmente, ou sejam facilmente guardados, pois são dobráveis e separados.

A TAGA utilizada como stroller permite crianças até 15kg e para pedalar crianças até 25kg.
A ZIGO permite crianças até 36kg.
Ambas estão previstas para adultos na bicicleta com 100kg.

Pelo formato mais compacto a TAGA oferece maior conforto e agilidade quando deseja-se pedalar até um comércio (lojas, shoppings, etc) e então utilizar a TAGA como um carrinho empurrando-o nos corredores e pátios.
A ZIGO, apesar de ser um processo simples e fácil, necessita de mais tempo para separar a bicicleta do ChildPod.  O ChildPod pode ser utilizado como um carrinho de bebê/criança (até 36kg !), porém a bicicleta deverá ficar em um bicicletário.

A ZIGO, pela possibilidade de desmembrar seus componentes, oferece um conjunto que permite o adulto utilizar a bicicleta (com marcha de 3 ou 7 velocidades) como uma bike urbana normal.
Na TAGA somente é possível pedalar como um triciclo; pode-se retirar facilmente a cadeirinha, porém as 2 rodas dianteiras fazem parte do triciclo.

O ChildPod da ZIGO pode ser utilizado como um carrinho tipo stroller (com 2 rodas pequenas, de 8" de diâmetro, na frente e as 2 grandes atrás),  como um jogger para caminhadas e jogging em terrenos irregulares ou em velocidades mais altas,  e ainda pode ser utilizado como um trailer em outra bicicleta.

Os pesos de ambos, quando montados, são equivalentes :
TAGA:  30/35kg  (sem e com a cadeirinha da criança)
ZIGO:  34kg (childpod=18kg + bicicleta=15,5kg)

A largura total, às vezes importante para facilitar a passagem em locais e portas mais estreitas:
TAGA: 73cm
ZIGO: 80cm


 Qual é a melhor opção ?

Como é possível perceber, são conceitos diferentes para usos diferentes.
O importante, na escolha de qual adquirir: levar em consideração as respostas para:

a)  Qual idade e peso da criança ?
b)  Onde pretendo passear ?
c)  Quais os locais que pretendo levar a criança ?
d)  Qual a flexibilidade, na utilização do triciclo/bicicleta, que gostaria de ter ? (p.ex. é importante poder utilizar a bicicleta independente do carrinho, preciso fazer compras e também levar à escola, preciso guardar no porta-mala do carro, etc)


 Vídeos:


Zigo:



Taga:

 atualizado em 14.7.2012
.

.
.

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Carregador de Bateria para Bicicletas - Light Charger



Celulares
Smartphones
iPhone ® 3, 4, 4s 
iPods ® 
MP3 

simplemente conecte-os na porta USB,
 e você poderá carregar a bateria enquanto pedala !
 
O Light Charge está atento ao desperdício:
sua premissa é a de produzir energia útil ao invés de carregar o máximo de energia possível.
















Resultado:  O aparelho eletrônicos pode ser recarregado, mesmo em baixas velocidades, e por isto sem muito esforço.
Portanto, mesmo pessoas com pouco preparo físico, como idosos, podem aproveita a tecnologia do Light Charge.

Aplicada a um dínamo, a 13 km/h, o aparelho produz energia, que permite carregar a maioria dos dispositivos eletrônicos.

Mas pode facilitar a utilização do dínamo, aumentando a sua cabeça de 20mm para 28mm com um inserto de borracha,  reduzindo o efeito de frenagem.


Facilidade de utilizar o Light Charge, fácil instalação, baixíssimo peso e possibilidade adicional de alimentar o farol e a lanterna traseira,  o Light Charge é uma opção inteligente ao ciclo-turismo e ao ciclista urbano !


Por quê é inteligente ?
  + O Light Charge controla a carga de energia de alimentação do aparelho eletrônico;
  + Elimina o uso de baterias e pilhas das lanternas e faróis da bicicleta, pois poderão ser utilizados os modelos que são alimentados diretamente pelo dínamo;
  + É possível controlar no guidão o acendimento de farol, lanterna e do carregador de bateria;
  + Produto "ecológico": por não poluir o meio-ambiente pois elimina pilhas, baterias dos faróis e lanternas e evita que os aparelhos eletrônicos seja recarregados na tomada !


O custo de aquisição compensa ?

Pensando na economia de aquisição de pilhas e baterias (dos faróis e lanternas) e na liberdade (autonomia) que proporciona ao ciclista,  definitivamente o investimento vale a pena.

Uma alternativa seriam os carregadores com células fotovoltaicas (carregador solar); porém, a eficiência é menor, além de não serem possíveis de utilizar a noite !   Outra desvantagem dos carregadores solares verifica-se nos dias nublados ou de chuva....  E sem esquecer:  o seu material é poluente e de menor vida-útil (durabilidade) que o Light Charge !

Por ser um produto fabricado na Itália, a sua vida-útil é superior, os impactos ao meio-ambiente durante sua fabricação são mínimos, e seus componentes são recicláveis !

Em um novo mundo, preocupado com o impacto ao meio-ambiente de cada indivíduo,  o LightCharge  auxilia, sem dúvidas, na redução deste impacto e da poluição.













atualizado em 12.7.2012



 



quinta-feira, 1 de março de 2012

Pedalando com Crianças - equipamentos e acessórios


Nos passeios e padaladas com minhas filhas observo que muitos pais ficam olhando e, principalmente, surpreendem-se com a dedicação e interesse das meninas por bicicletas, patins, patinete e skate.
Lembrando que elas têm 6 anos e 4 anos.

Com o post no Blog Cicloturista (leia aqui) animei-me em sugerir vários equipamentos e acessórios para pedalar com as crianças.
Há inclusive idéias geniais para passear com crianças especiais, deficientes físicos ou intelectuais.

Gostaríamos de "apresentá-los" :


Trailer para Crianças - passeios com bicicleta ou em caminhada/jogging :






Trail-Gator - barra que conecta a bicicleta da criança com a do adulto :






Zigo - bicicleta + carrinho + bike-pod :







Taga - bicicleta + carrinho :






Runna - bicicleta de balança, em madeira :






Cadeira para Crianças acima de 5 anos - montagem no quadro :



Cadeira para Crianças - montagem no quadro (tubo superior) :






estaremos atualizando este post, com mais detalhes e sugestões.